Mascote Judokinhas

Quem Somos

Assumindo-se como uma entidade extracurricular, a Turma dos Judokinhas é uma Escola que pretende atingir o duplo objetivo de contribuir para o desenvolvimento da criança através do desporto, e simultaneamente ser uma alavanca importante para a dinamização do Judo em Portugal, através da formação das classes de menor idade.

Em cada uma das escolas e colégios com adesão à escola de Judo, a Turma dos Judokinhas quer tornar-se numa das atividades de destaque e preferência junto dos alunos, situação que será um contributo para que esta escola se possa constituir como uma referência nacional.

Para dar corpo a estes ambiciosos objetivos, a Turma dos Judokinhas conta com uma equipa de professores de elevado nível, com formação técnica específica, liderados por duas refências do Judo Nacional, Filipa Cavalleri e Renato Santos.

Esta equipa será a responsável pela realização do planeamento cuidado de todas as fases de formação, bem como da avaliação das diversas dinâmicas em curso em cada momento entre alunos e escolas.

No que respeita à ligação entre a escola e a equipa técnica, pretende-se que a mesma seja a de uma verdadeira parceria "win-win", em que, ganhando ambos, os objetivos e os resultados são efetivamente partilhados.


Equipa

Direção Técnica:

Profª. Filipa Cavalleri Filipa Cavalleri
Atleta Olímpica (Barcelona, Atlanta e Sydney)
Licenciada em Ciências do Desporto pela FMH | 5º Dan
Selecionadora Nacional de Cadetes e Juniores Femininos
Professora de Judo em diversos estabelecimentos de ensino desde 1990
Docente na Faculdade de Motricidade Humana

Prof. Renato Santos Renato Santos
Atleta Olímpico (Seul 1988)
Treinador de Judo de Grau III | 4º Dan
Professor de Judo em diversos estabelecimentos de Judo desde 1980
Professor de Judo na Academia Militar (1990-1996)
Professor no Sporting Club de Portugal (1993-2006)

Outros professores:

Profª. Inês Cavalleri
Prof. Pedro Jacinto
Prof. Vitor Costa


Missão e objetivos

  • Desenvolver o gosto pela prática da modalidade bem como pelo desporto em geral;
  • Proporcionar aos alunos a vivência com uma modalidade diferente, introduzindo-lhe conceitos que a tornam mais saudável no dia-a-dia;
  • Dar aos alunos um conjunto de capacidades que proporcionem a melhoria da auto estima, da auto confiança e do domínio corporal;
  • Permitir a cooperação com os colegas na apresentação de situações variadas de aprendizagem em que a motivação própria esteja presente eem que aceite também sugestões dos outros colegas;
  • Desenvolver ações de companheirismo e cooperação entre os variados alunos do núcleo bem como com o professor e funcionários;
  • Dar a conhecer fatores de risco na prática da modalidade, precavendo-os, atenuando-os e eliminando-os;
  • Desenvolver sentido de colaboração com os colegas, gerando o respeito pelos outros com o fim de eliminar os riscos físicos na prática do desporto;
  • Permitir ao estabelecimento de ensino ampliar o seu leque de oferta de atividades extracurriculares, contrinuindo assim para a criação de mais um pólo de diferenciação;
  • Criar para o estabelecimento de ensino um novo centro de proveitos financeiros;
  • Gerar novas dinâmicas de relações públicas e de ganho de notoriedade para o colégio junto da comunidade envolvente;
  • Criar de maiores laços de relação entre o estabelecimento de ensino, os encarregados de educação e os próprios alunos.

Objetivos específicos dos alunos

Pretende-se no desenvolvimento da atividade, agir de forma direcionada para que o aluno:

  • Desenvolva capacidades motoras como a coordenação, velocidade, força, resistência e flexibilidade;
  • Desenvolva a consciência da localização espacial dos seus segmentos corporais bem como do seu colega de prática, controlando as suas ações musculares;
  • Aprenda técnicas específicas da modalidade, em pé e no solo, através de formas jogadas e de progressões;
  • Coopere com os companheiros e o professor no decorrer da aula, tendo como objetivo o desenvolver das técnicas específicas da modalidade;
  • Desenvolva a preocupação da garantia de segurança no espaço da aula;
  • Desenvolva o gosto pela interajuda com os colegas nas situações a pares muito usadas nas aprendizagens das técnicas da modalidade;
  • Conheça a história e os fundamentos da modalidade desde os seus primórdios até aos dias de hoje;
  • Saiba, no final do ano, como comportar-se nas mais variadas situações de aprendizagem do Judo, de acordo com a sua idade;
  • Tenha, no final do ano, a vontade de prosseguir a modalidade na própria escola ou clube com o fim de aperfeiçoar conhecimentos adquiridos ao longo do ano.